Horários De Atendimento

Segundas - 20 Hs - Mãe Ana e Pai Afonso.
Quartas - 20 Hs - Mãe Hosana e Pai Ney.
Quintas - 20 Hs - Mãe Gislaine e Pai Afonso.
Sextas --- 20 Hs - Mãe Sueli e Pai Joãozinho.
Sábados - 19 Hs - Mãe Sueli e Pai Joãozinho.

Primeira Terça-Feira do mês - 20 Hs - Gira de Desenvolvimento.
Segunda Terça-Feira do mês - 20 Hs - Gira da Corrente do Dr. Adolfo Bezerra de Menezes.
Terceira Terça-Feira do mês - 20 Hs - Gira de Desenvolvimento.
Quarta Terça-Feira do mês - 20 Hs - Gira Cigana.
Quinta Terça-Feira do mês - 20 Hs - Gira Fechada.

Primeiro Sábado do mês - 15 Hs - Jardins de Aruanda.

Endereço - Rua Meciaçu 145 Vila Ipê - Campinas SP.

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Nota de Repúdio

Nota de Repúdio

Intolerância Religiosa, Racismo e Homofobia não tem perdão, tem punição.

ARMAC, Associação dos Religiosos de Matriz Africana de Campinas e Região, na pessoa de seu presidente e sua diretoria, vêm mais uma vez a publico repudiar todo e qualquer tipo de racismo, intolerância religiosa e homofobia.

Juntam-se  nesta nota o Coletivo Saravaxé, a FEUCEM, Federação Espírita de Umbanda e Candomblé Estrela do Mar, o Foesp Brasil ,
Fórum das Comunidades de Terreiro e de Tradições de Matriz Afro-Brasileira do Estado de São Paulo , As Aguas de São Paulo e a Juventude de Terreiro da RMC

No sábado dia 18 de Julho nosso afiliado o "Ylê Asé Oxum Opara" de "Doné de Oxum", foi covardemente apedrejado quando finalizava seus trabalhos por vizinhos evangélicos, que não contentes ainda acionaram a policia reclamando do barulho, ressaltamos que os policiais militares foram totalmente cordiais com nossa Yalorixa, e isso gerou mais revolta ainda dos agressores, que passaram a ofender os presentes.

Por mais que a sociedade se cale e faça vistas grossas a intolerância religiosa esta presente de todas as formas no nosso dia a dia, desde expressões pejorativas, leis, atos velados, ou escancarados como este.

Cobramos das autoridades competentes a apuração deste triste acontecimento, pois apesar das dificuldades, nossa companheira teve coragem e conseguiu registrar um BO. contra a agressora.
Intolerância Religiosa não tem perdão, tem punição, tem conscientização. Não podemos mais nos calar.

A ARMAC convoca seus filiados para juntos se manifestarem e divulgarem essa nota de repudio contra tais atos, e coloca-se inteiramente à disposição de nossa irmã Doné de Oxum e sua família, para juntos defendermos a bandeira da laicidade do estado.

Contamos com o apoio de nossos parceiros para essa ação, Vereador Carlão do PT, Carlos Roberto de Oliveira e a Deputada Estadual Mãe Clélia G. da Silva.

Pai Joaozinho Galerani
Presidente da ARMAC - Associação de Religiosos das Comunidades Tradicionais de Matriz Africana de Campinas e Região
Gestor e Idealizador do COLETIVO SARAVAXÉ – Amigos da Umbanda e Candomblé do Estado de São Paulo
Membro do  FOESP - Fórum das Comunidades de Terreiro e de Tradições de Matriz Afro-Brasileira do Estado de São Paulo
Vice-presidente da FEUCEM – Federação Espírita de Umbanda e Candomblé Estrela do Mar
Idealizador da Comissão Política do Axé
Diretor Fiscal do SOIU – Superior Órgão Internacional de Umbanda e dos Cultos Afros
Dirigente Espiritual  do Terreiro da Vó Benedita
Membro do Comitê Técnico de Saúde da População Negra da Secretaria de Saúde de Campinas
Membro do Coletivo de Combate ao Racismo da CUT
Membro da Comissão da Verdade sobre a Escravidão no Brasil da OAB
Membro da Coordenação das Aguas de São Paulo
Coordenador da Juventude de Terreiro da RMC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguem reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento..."
Joaozinho

paijoaozinho@terreirodavobenedita.com