Horarios De Atendimento

Segunda 20 Hs - Mãe Ana e Pai Pequeno Pai Adilson
Quartas 20 Hs - Pai Ney e Mãe Hosana
Quintas - 20 Hs - Pai Afonso e Mãe Gislaine
Sextas 20 Hs - Mãe Sueli e Pai Joaozinho
Sabados 19 Hs - Mãe Sueli e Pai Joaozinho


Primeira Terça Feira - 20 Hs - Desenvolvimeto
Segunda Terça Feira - 20 Hs - Palestra
Terceira Terça Feira do mês - 20 Hs - Gira de Cura
Quarta Terça Feira do mês - Gira Cigana

Endereço - Rua Meciaçu 145 Vila Ipe - Campinas SP


terça-feira, 17 de maio de 2016

Gira Cigana - Homenagem a Santa Sara























HOMENAGEM A SANTA SARA KALI!

(4ª Terça feira do mês) - Gira Cigana - Homenagem a Santa Sara.
Terça-Feira, 24 de Maio de 2016 às 19h30min.
Terreiro Da Vó Benedita.
Rua Meciaçu 145 Vila Ipê, Campinas SP.
Organizado por Joãozinho Galerani, João Galerani, Afonso, Hosana e Laercio.

Santa Sara Kali a padroeira dos Ciganos Encarnados!
No dia 24 de maio comemoramos o dia de Santa Sara Kali.
Neste dia nós do Terreiro da vó Benedita na Gira Cigana vamos fazer nossa homenagem a Santa Sara, assim como fazemos as homenagem aos nossos queridos Orixás.
Vai ser uma Gira com a Entrega de um Novo Manto em agradecimento a Santa Sara pelos integrantes da Gira Cigana!
Convidamos a todos a vir como consulentes Trazendo Flores, Frutas, Incenso e Mira para compor a decoração e serem usados na Gira Cigana e prestar sua homenagem a Santa Sara.
Salve Santa Sara Kali! Salve Egunitá! Salve o Povo Cigano!
Com o desejo que toda a fartura, o amor, a liberdade e a prosperidade estejam presentes na vida de cada um!
Salve Santa Sara Kali! Salve o Povo Cigano! Arriba, Opcha!

HISTÓRIA DE SANTA SARA
Existem muitas histórias a respeito de Santa Sara, mas a mais difundida é a que entre os anos de 44 e 45 d.C., quando o rei Herodes perseguia os cristãos, alguns discípulos de Jesus foram colocados no mar, em embarcações sem remos e sem provisões, entregues à própria sorte. Numa dessas embarcações estavam Maria Madalena, Maria Jacobé, Maria Salomé, José de Arimatéia e Trofino que, junto com Sara, uma cigana escrava, foram atirados ao mar. As três Marias entraram em desespero, chorando e rezando. Então, Sara retirou o diklô (lenço) da cabeça, chamou por Kristesko (Jesus Cristo) e fez um juramento: se todos se salvassem, ela seria escrava do Mestre Jesus e jamais andaria com a cabeça descoberta, em sinal de respeito.

Milagrosamente, a barca sem rumo e à mercê de todas as intempéries, atravessou o oceano e aportou com todos salvos em Petit-Rhône, hoje Saintes-Maries-de-La-Mèr, na França. E Sara cumpriu sua promessa até ao fim de seus dias. Até hoje, o diklô (lenço) é um simbolismo forte entre os Ciganos. Significa a aliança da mulher casada, um sinal de respeito e fidelidade.

Das Marias, a história não guarda vestígios ou mesmo seus destinos, mas quanto a Sara, dizem que ela foi cuidada pelo povo cigano e o ajudou a tornar-se unido e a desenvolver-se como povo e como cultura.

Muitos creem que milagres de cura são realizados por Santa Sara, sendo que as ciganas clamam muito a Santa Sara para trazer saúde e prosperidade e ajudá-las diante da dificuldade de engravidar, ou pedem por um bom parto e também é de conhecimento de todos que chamam por ela na hora do parto em dificuldade, ou ainda para os partos com risco de vida para a mãe ou a criança e ao terem seus pedidos atendidos, prometem ir até à cripta da Santa, em Saintes-Maries-de-La-Mèr, cumprindo uma noite de vigília e depositando em seus pés, como oferenda, o mais bonito lenço (diklô) que encontrassem. E lá existem centenas de lenços, como prova que muitas Ciganas receberam esta graça.

Todos os anos milhares de Ciganos de todo o mundo vão para a região de Camargue (Sul da França), onde fica o Santuário de Santa Sara. Os Ciganos peregrinam às margens do mar Mediterrâneo para louvar Santa Sara. Essa peregrinação acontece nos dias 24 e 25 de maio em Saintes-Marie-de-La-Mèr.

Muitos, ainda, rogam a Santa Sara pela prosperidade e pela fartura em suas mesas.

A ORIXÁ EGUNITÁ REGE A LINHA DE CIGANOS NA UMBANDA.
Na Umbanda a Orixá Egunitá, que é feminina, de polaridade negativa, absorvente. Egunitá é o Trono Feminino da Justiça, e juntamente com Xangô formam o par vibratório que regem sobre toda a justiça, formando a quarta linha da Umbanda a linha da Justiça.

Se alguém foi injusto com você, recorra a ela. Egunitá consome tudo o que é injusto. Mas, cuidado: peça sempre para que ela interceda de acordo com a Lei e a Justiça Divina, pois nossos conceitos de certo e errado ainda estão muito ligados ao mundo terreno, humano. Se for merecedor, esta mãe intercederá a seu favor, não tenha dúvidas. É ela quem executa a Justiça, depois que a Lei Divina é aplicada. Ou seja, a Lei (ar) alimenta a Justiça (fogo), e assim caminham sempre juntas.

Seu elemento é o fogo da purificação; sua vela é laranja ou dourada; sua pedra principal, a ágata de fogo.

CIGANOS NA UMBANDA
Os Ciganos são um povo muito antigo, mas representa uma linha nova de trabalho na Umbanda Sagrada. Inicialmente se manifestaram na Linha do Oriente, mas com o tempo adquiriam uma linha de trabalho própria. Suas giras são muito alegres, divertidas e coloridas. Gostam muito de música e da dança.

A linha de ciganos, na Umbanda, são regidos por Egunitá, esta mãe guerreira. São Guias alegres, que trabalham com fitas, frutas, incensos, música. Seu campo de atuação está principalmente vinculado ao Amor aos trabalhos de Cura ao Dinheiro e a Justiça. Têm uma sabedoria incrível com relação à Magia, e um respeito profundo à natureza como um todo.

Os Ciganos trabalham muito com os consulentes visando à sua prosperidade, à união das famílias, o amor, a cura e também a quebra de magia negra. Gostam muito de dar conselhos visando a prosperidade e a riqueza espiritual.

As Ciganas adoram lenços, saias e bijuterias. Os Ciganos também gostam de lenços coloridos, cigarros, colares e brincos. Ciganos e Ciganas gostam de taças com vinho ou champanhe, moedas douradas, leques, flores amarelas, laranjas, vermelhas (rosas, principalmente), incensos. Se você tem problemas nessas áreas, consulte-se com um desses Guias, ou mesmo peça à linha de ciganos que o auxilie. Acenda uma vela, adicione um cálice com água e uma rosa vermelha, acenda um incenso, e até mesmo umas três moedinhas douradas. Acalme o pensamento e peça com fé pela força e proteção desse povo rico e sábio. Você pode se surpreender com os resultados!

Que a alegria, a magia e o colorido dos Ciganos sempre estejam presentes em nossas vidas. Que tenhamos sempre prosperidade.

Salve o Povo Cigano! Salve o Povo do Oriente! Salve a Roda e Salve a Prosperidade!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguem reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento..."
Joaozinho

paijoaozinho@terreirodavobenedita.com