Horarios De Atendimento

Segunda 20 Hs - Mãe Ana e Pai Pequeno Pai Adilson
Quartas 20 Hs - Pai Ney e Mãe Hosana
Quintas - 20 Hs - Pai Afonso e Mãe Gislaine
Sextas 20 Hs - Mãe Sueli e Pai Joaozinho
Sabados 19 Hs - Mãe Sueli e Pai Joaozinho


Primeira Terça Feira - 20 Hs - Desenvolvimeto
Segunda Terça Feira - 20 Hs - Palestra
Terceira Terça Feira do mês - 20 Hs - Gira de Cura
Quarta Terça Feira do mês - Gira Cigana

Endereço - Rua Meciaçu 145 Vila Ipe - Campinas SP


sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Manifesto de Repudio as ações do Guarani Futebol Clube


Nós, umbandistas do Terreiro da Vó Benedita de Campinas – SP, vimos por meio deste manifesto demonstrar nossa total consternação com o Guarani Futebol Clube e acreditamos que falamos também por muitos outros irmãos de religião, não apenas Umbanda, mas de todos aqueles que são parte, conhecem ou respeitam as religiões afro.
Infelizmente a região dessa grande, linda e rica cidade de Campinas já sofre há tempos com este tipo de preconceito, provavelmente reflexo do passado de uma das últimas cidades do Brasil a abolir a escravatura. Muitos ainda não compreenderam a riqueza da cultura que foi escondida e aprisionada por tempos em senzalas em todo o território brasileiro.
A Umbanda é uma religião brasileira, nascida no berço das famílias elitistas no Rio de Janeiro, e desde seu surgimento tem enfrentado esse preconceito enraizado e infundado e, mesmo com todo o sofrimento, dor e constrangimento que isto causa até hoje aos seus praticantes, vem percorrendo sua trajetória, com passos firmes, colhendo todas as pedras do caminho, para construir os pilares do amor ao próximo. Os filhos de Umbanda não perderam sua fé, e se esforçam cada dia mais para levar ao mundo inteiro a Bandeira de Oxalá, desejando que a caridade, o amor e a compaixão que pregam, saia dos terreiros, casas de caridade, tendas, e cheguem às ruas, às casas, às famílias.
Os caboclos da Umbanda são entidades em sua grande maioria conhecedores dos benefícios dos recursos naturais que temos à nossa disposição, e trabalham para a cura do corpo e principalmente da alma daqueles que procuram seus conhecimentos. São o retrato do primeiro e verdadeiro dono destas Terras tão ricas e tão vastas do Brasil. A própria Umbanda teve seus pilares e fundamentos ditados por um caboclo; o Caboclo das 7 Encruzilhadas.
O caboclo representa todo o amor que se pode ter por nossa mãe Terra, representa a força do guerreiro que caçava seu alimento e defendia seu território, a fibra de tantos indígenas que têm sofrido com a perda de suas terras e famílias, e a calma de quem sabe como e onde caminhar.
Quantos caboclos tivemos e temos em nosso Brasil até hoje? Esqueçam a teoria religiosa. Esqueçam as diferenças. Olhem para o passado do Brasil. Quem são nossos caboclos?
Carregar tal imagem no peito deveria ser motivo de orgulho! Vocês carregavam no peito não uma imagem, não uma referência religiosa, mas um pedaço rico, belo e único da cultura brasileira! Carregavam a força da qual estes habitantes brasileiros são feitos!
Este é um dos atos mais absurdos e preconceituosos que tivemos notícias nos últimos tempos. E faz doer saber que isto tenha partido de um ícone deste município, ao qual tantos cidadãos respeitam e têm amor... e dentre eles, inúmeros umbandistas!
Em nosso manifesto trazemos nosso repúdio a esta atitude imatura, impensada, preconceituosa, destituída de qualquer compreensão e –principalmente - respeito pela fé do próximo.
Vocês jogadores e dirigentes deste clube não desejam trazer um símbolo tão bonito em seu peito ou aliado à imagem do Guarani. Mas a verdade é que não merecem fazer uso desta imagem. Afinal, a atitude de vocês não está aos pés da atitude de um Caboclo Brasileiro.
Mas se desejarem conhecer mais desta religião que vocês repudiam com tanto ardor, nossa casa tem as portas abertas, ao contrário do coração de vocês. Receberemos a vocês como acolhemos a todos: com um caloroso abraço, um sorriso no rosto, e a força do caboclo que habita em nosso peito!

Pai Joãozinho Galerani
BUGRINO
Dirigente do Terreiro da Vó Benedita
Diretor Fiscal do SOIU , Superior Orgão de Internacional de Umbanda e Cultos Afro
Diretor Regional do M.P.U. Movimento Politico Umbandista
Embaixador do Primeiro Congresso Nacional de Umbanda
Delegado do CONSELHO MUNICIPAL DE CULTURA DE PAZ
Idealizador e Gestor do Coletivo SARAVAXÈ Amigos da Umbanda e Candomble do Estado de SP
Membro do do Comitê Técnico da Saúde da População Negra da Secretaria Municipal de Saude de Campinas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguem reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento..."
Joaozinho

paijoaozinho@terreirodavobenedita.com