Horários De Atendimento

Segundas - 20 Hs - Mãe Ana e Pai Afonso.
Quartas - 20 Hs - Mãe Hosana e Pai Ney.
Quintas - 20 Hs - Mãe Gislaine e Pai Afonso.
Sextas --- 20 Hs - Mãe Sueli e Pai Joãozinho.
Sábados - 19 Hs - Mãe Sueli e Pai Joãozinho.

Primeira Terça-Feira do mês - 20 Hs - Gira de Desenvolvimento.
Segunda Terça-Feira do mês - 20 Hs - Gira da Corrente do Dr. Adolfo Bezerra de Menezes.
Terceira Terça-Feira do mês - 20 Hs - Gira de Desenvolvimento.
Quarta Terça-Feira do mês - 20 Hs - Gira Cigana.
Quinta Terça-Feira do mês - 20 Hs - Gira Fechada.

Primeiro Sábado do mês - 15 Hs - Jardins de Aruanda.

Endereço - Rua Meciaçu 145 Vila Ipê - Campinas SP.

quarta-feira, 29 de maio de 2013

CORPUS CHRISTI NO RITUAL DE UMBANDA?!



Apesar de aceitar e pregar que a Umbanda é religião universalista, que bebe das águas mais puras e cristalinas das fontes das religiões da antiguidade, é difícil conceber que inclua em seu RITUAL celebrações específicas sem que sejam analisadas e compreendidas. É na verdade aquela velha história: Vi , achei bonito, interessante vou fazer também. E "implanta" no seu ritual, desconhecendo a essência e o fundamento do mesmo. Sendo mais direto, vou citar a celebração de Corpus Christi, sempre com muito respeito pelas religiões Co-Irmãs. Vejamos então:

Corpus Christi, do latim Corpo de Cristo, podemos definir como sendo uma festa móvel da Igreja Católica que celebra a presença de Cristo na Eucaristia. A origem da solenidade do Corpo e Sangue de Cristo remonta o século XIII. A Santa Igreja, sentiu necessidade de realçar a presença real do "Cristo Todo" no pão consagrado. A festa de Corpus Christi foi instituída pelo Papa Urbano IV no ano de 1264, para ser celebrada na quinta-feira após a festa da Santíssima Trindade, que acontece no domingo depois de Pentecostes.

Bem, isso é apenas um "rabisco", mas que consegue perfeitamente expor a essência, o teor da celebração. Sendo assim, temos como afirmar que a celebração de Corpus Christi, é uma celebração "exclusiva" da Igreja Católica, não é para ser incluída como celebração no ritual de Umbanda, como já presenciei em alguns Terreiros de Umbanda, inclusive com as procissões comuns nesta celebração de cunho exclusivamente católico.

Vamos respeitar a celebração de Corpus Christi sim! Cultuar no Terreiro de Umbanda não!

domingo, 26 de maio de 2013

MOVIMENTO POLÍTICO UMBANDISTA

Somos Todos iguais...

Somos todos Umbandistas, vamos nos unir, mostrar ao Brasil que a Umbanda não é como a maioria pensa, que não  fazemos "Amarrações" que não fazemos "Macumba" que não fazemos "Oferendas de Animais ou coisas do tipo".
Vamos mostrar que a Umbanda como qualquer outra religião, tem seus fundamentos, temos nossas cerimonias, Casamentos, batizados....vamos mostrar que somos "Unidos"......que pena isso não podemos mostrar....não conseguimos ser unidos...mas porque?
Porque não podemos visitar outras casas e sermos bem recebidos, com carinho, com respeito?
Porque não escutamos nos noticiários noticias sobre a "Bancada Umbandista"??
Vamos nos unir gente, falamos tanto em preconceito, e somos os mais preconceituosos, mais porque temos preconceito entre nossos irmãos de Fé apenas por não serem da nossa casa...isso é um absurdo.
Deixemos as mazelas de lado, o preconceito, vamos lutar.
JoãoZinho Galerani
Dirigente Terreiro da Vó Benedita
Vejam a ideia desse Movimento:

MOVIMENTO POLÍTICO UMBANDISTA


Somos uma sociedade democrática e defendemos a democracia através do voto, manifestado pela opinião pública. Somos defensores da democracia espiritualista, da qual impera a razão e a consciência do Amor cósmico  manifestado na prática caritativa.
A diretoria do Movimento Político Umbandista defende a causa do Humanismo, onde o ser humano é sempre colocado em primeiro lugar, independentemente de ideologia política.
O Movimento Político Umbandista é uma instituição de iniciativa política, que busca o estudo e a pesquisa, fundamentando o seu pensamento no ideal Humanista e Solidário, iluminado pela Doutrina Espiritual Social através dos ensinamentos de Mestre Jesus Cristo e dos Cultos de Nação, inspirado nos textos da Declaração Universal dos Direitos Humanos e na Carta da Constituição da Organização das Nações Unidas, que exalta a dignidade de todas as pessoas.

Através destas diretrizes, a diretoria do M.P.U. (Movimento Político Umbandista), com o propósito de agregar forças em favor da Umbanda, do Candomblé e de todas as religiões ligadas à espiritualidade, vemCONVIDAR todos os irmãos religiosos para nos unirmos na luta pela igualdade de direitos e pela melhoria do nosso trabalho espiritual e social. É necessário ressaltar que para sermos reconhecidos e respeitados dentro de nossas crenças, e para podermos atuar como religioso, sem a retração que comumente ocorre, existe a necessidade de nos articularmos, chamando todas as vertentes para uma grande reflexão sobre nosso futuro.

A perseguição que se apresenta, muitas vezes contra nós só ocorre por faltar em nosso meio, à organização e vontade de nossos irmãos em se politizar. Religião forte, templos, terreiros, roças, espaços, trabalhando em conjunto uns com os outros, só serão reconhecidos e respeitados pela opinião pública, quando sairmos de nossa casa para ocupar nosso espaço de direito.

Não existe instituição ou órgão federativo ou um simples terreiro que não necessite estar ligado ao poder público. Um cidadão comum necessita ter este acesso. Urge, assim, a necessidade de nos darmos as mãos.
Para isto precisamos que todos que desejam mudanças e igualdade estejam ao nosso lado, fortalecendo nossa causa em prol de todos os irmãos.

Convidamos a todos para se filiarem ao M.P.U., para podermos formar Diretórios Regionais e grupos de Coordenadores, para podermos com maior facilidade saber e entender quais são as necessidades de cada região e assim buscarmos nossos direitos junto aos órgãos competentes.
Sabemos que muitos são contra política, mas sabemos também que só através dela é que conseguiremos modificar e melhorar todos os aspectos ao nosso redor.

Como as eleições para Deputado Estadual e Federal estão se aproximando, precisamos nos fortalecer, para buscar pessoas que lutem pela mesma causa e possam nos representar politicamente.
Este não é o momento de pensar em um, mas sim no todo, no benefício que isto pode trazer para a religião.
É o momento de deixar uma visão estreita e ampliar nossos horizontes para o futuro, entendendo que podemos fazer algo de bom para este povo que é tão carente de respeito, e assim dignificar o Povo de Branco.
O movimento Político Umbandista vem não só CONVIDAR, mas sim CONVOCAR a todos os FILHOS DE OXALÁ, para que venham se filiar e somar nesta causa, que é de todos.
MOVIMENTO POLÍTICO UMBANDISTA
Lutando pelo bem comum!

Vem aí o "Congresso Nacional de Umbanda"


Salve os Ciganos - Salve Santa Sara Kali - Arriba













































Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguem reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento..."
Joaozinho

paijoaozinho@terreirodavobenedita.com