Horarios De Atendimento

Segunda 20 Hs - Mãe Ana e Pai Pequeno Pai Adilson
Quartas 20 Hs - Pai Ney e Mãe Hosana
Quintas - 20 Hs - Pai Afonso e Mãe Gislaine
Sextas 20 Hs - Mãe Sueli e Pai Joaozinho
Sabados 19 Hs - Mãe Sueli e Pai Joaozinho


Primeira Terça Feira - 20 Hs - Desenvolvimeto
Segunda Terça Feira - 20 Hs - Palestra
Terceira Terça Feira do mês - 20 Hs - Gira de Cura
Quarta Terça Feira do mês - Gira Cigana

Endereço - Rua Meciaçu 145 Vila Ipe - Campinas SP


terça-feira, 23 de outubro de 2012

Centro forte ou Centro fraco??


Tenho comigo que não existam Centros mais fortes ou mais fracos...
Todos tem seu mentor espiritual, todos tem seus protetores e seus guias.
Oque acontece é que existem “pessoas de boa fé” e “pessoas de má Fé”.
Quando alguém vai a um Centro precisando de auxilio espiritual, onde se encontram médiuns com outros interesses que não os da caridade, ela será auxiliada sim, pois apesar do médium estar “mistificando”, os mentores da casa estão ali escutando , analisando e tomando as providencias para auxiliá-la dentro de seu merecimento.
O consulente não foi tão enganado quanto pensamos o maior enganado ali é o próprio médium que fraquejando acabou nessa situação.
Situação essa que pode ate mesmo se agravar, pois o consulente, conseguindo a graça de seu merecimento, ira voltar ao Centro para agradecer, e isso deixara esse médium mais vaidoso ainda. Suas entidades nesse momento não estarão mais com ele pois não podem compactuar com tal atitude mas também não podem forçá-lo a mudar para o caminho correto, da caridade pura.Elas tentarão no plano espiritual ajudá-lo mas não podem interferir no livre pensamento, por mais errado que seja.
Em meu pouco tempo na Umbanda já vi muitas dessas coisas acontecerem, vi a vaidade, vi o egoísmo vi ate mesmo a ignorância, a inveja e a maldade... Mas nunca interferi nem o guia que estava comigo, pois nos não temos também esse direito, deixemos que os mentores cuidem disso, afastem essas pessoas quando necessário ou deixem na corrente para quem sabe aprenderem outros caminhos,e como escrevi acima o maior enganado na situação é o próprio médium.
Nossa missão como médiuns de Umbanda é trabalharmos juntos, uma Corrente... A Corrente é muito forte, mesmo com médiuns assim, médiuns esses que ao deixarem a Corrente se achando fortes o suficiente para trabalhar e receber glorias sozinhos caem...pois a corrente é como um exercito, juntos são muito fortes e organizados, mas um soldado sozinho no campo de batalha , com apenas um tiro é abatido.
Não importa o nome do Guia, se é mais ou menos conhecido, se tem uma capa mais bonita ou um penacho mais colorido... Não mesmo, pois como escrevi acima sobre os Centros fortes ou Fracos, se encaixa também no Guia.
Todos os nossos Guias estão preparados para trabalhar, mas nem todos os médiuns estão, por isso é importante ter paciência, estudar e aprender, para podermos merecer a força de nossos Guias e podermos trabalhar nas leis da Umbanda, todos iguais, juntos, unidos por um mesmo ideal.
João Carlos Galerani Junior

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguem reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento..."
Joaozinho

paijoaozinho@terreirodavobenedita.com