Horarios De Atendimento

Segunda 20 Hs - Mãe Ana e Pai Pequeno Pai Adilson
Quartas 20 Hs - Pai Ney e Mãe Hosana
Quintas - 20 Hs - Pai Afonso e Mãe Gislaine
Sextas 20 Hs - Mãe Sueli e Pai Joaozinho
Sabados 19 Hs - Mãe Sueli e Pai Joaozinho


Primeira Terça Feira - 20 Hs - Desenvolvimeto
Segunda Terça Feira - 20 Hs - Palestra
Terceira Terça Feira do mês - 20 Hs - Gira de Cura
Quarta Terça Feira do mês - Gira Cigana

Endereço - Rua Meciaçu 145 Vila Ipe - Campinas SP


quinta-feira, 11 de outubro de 2012

A origem do Ogan - Autor desconhecido





Num tempo muito distante, o orun (ceu) era lugar de grandes festas. Os orixás 

(protetores de cabeças) lá se reuniam para celebrar a vida. Exu era o grande 

animador daquelas festas porque era ele quem tocava os tambores e 

que entoava as mais belas e alegres cantigas. E ele ficava todo prosa por exercer 

tal função. Certo dia, entendendo que estava difícil conversar ao mesmo tempo 

em que o som dos tambores ecoavam, os orixás pediram para Exu que parasse 

com aquela cantoria e toques. E assim se deu: Exu deixou de tocar e cantar nas 

festas.
 


 Sem muita demora, os orixás perceberam que festa sem tambores e sem 

cantoria, não era festa. Eles se reuniram novamente e decidiram pedir para que 

Exu voltasse com toda a animação. Mas ele não aceitou: estava profundamente 

magoado com o pedido do grupo, uma vez que ele desempenhava tais atividades 

com tanto fervor e o impediram de continuar. Os orixás insistiram bastante até 

que Exu disse: “Perdi totalmente a vontade de cantar e tocar para vocês, mas vou 

passar a tarefa para a primeira pessoa que se colocar na minha frente”.

 E assim aconteceu. Ogan, um jovem rapaz caminhou na direção de Exu. Exu 

olhou para ele e o escolheu para inicia-lo na arte dos cânticos e toques em louvor 

aos orixás. Ogan, prontamente aceitou o convite de Exu, era rapaz esforçado e 

que queria aprender.

 Tão bem Exu o ensinou Ogan e Ogan tão bem aprendeu a animar as festas dos 

orixás que em sua homenagem, Exu estabeleceu que todo o homem responsável 

por animar as festas dos orixás deveria receber o cargo de Ogan.


Autor desconhecido.





Fonte: 
http://umbandaemdebate.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguem reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento..."
Joaozinho

paijoaozinho@terreirodavobenedita.com