Horarios De Atendimento

Segunda 20 Hs - Mãe Ana e Pai Pequeno Pai Adilson
Quartas 20 Hs - Pai Ney e Mãe Hosana
Quintas - 20 Hs - Pai Afonso e Mãe Gislaine
Sextas 20 Hs - Mãe Sueli e Pai Joaozinho
Sabados 19 Hs - Mãe Sueli e Pai Joaozinho


Primeira Terça Feira - 20 Hs - Desenvolvimeto
Segunda Terça Feira - 20 Hs - Palestra
Terceira Terça Feira do mês - 20 Hs - Gira de Cura
Quarta Terça Feira do mês - Gira Cigana

Endereço - Rua Meciaçu 145 Vila Ipe - Campinas SP


domingo, 16 de setembro de 2012

SETE PECADOS X SETE VIRTUDES


SETE PECADOS X SETE VIRTUDES
Podemos aprender muito estudando as religiões e usando o que transmitem para o nosso próprio Desenvolvimento Pessoal e Espiritual. É esse o caso, quando estudamos os sete pecados capitais, provenientes do catolicismo.

Segundo a Igreja Católica os pecados estão divididos entre pecados perdoáveis através da confissão e absolvição, e pecados capitais, sem perdão, merecedores de condenação.


Inicialmente eram 8 pecados capitais em vez de 7. Ao longo da história houve algumas alterações a esses pecados, acabando por eliminar alguns, acrescentar outros e fundirem-se ainda outros, chegando assim ao nosso tempo com a lista actual dos Sete Pecados Capitais:


1- Vaidade

2- Inveja

3- Ira

4- Preguiça

5- Avareza

6- Gula

7- Luxúria



Grande parte da humanidade já ouviu falar ou tem conhecimento destes pecados, pois foram retratados em diversas obras de arte, em músicas, filmes…

O que não é tanto divulgado é que em oposto a estes pecados, existem também sete virtudes. Estudando e seguindo estas virtudes, então sim, poderemos elevarmo-nos como seres espirituais. Mas antes de passarmos às Virtudes e aos seus significados, vamos então estudar cuidadosamente cada um dos Pecados para melhor os entendermos.
Vaidade ou Soberba (anteriormente designado por Orgulho) – Alguém que não é humilde, que se julga superior ou auto-suficiente. Alguém que não respeita o próximo.

Nota: Embora possa ser associado a Vaidade a alguém que gosta de estar bonito, que se cuida, que tem cuidado com o que veste, e não é esse o caso, quando se refere ao Pecado Capital.


Inveja – Quando se deseja atributos, bens, posses, status, habilidades, competências de outras pessoas, muitas vezes desejando o mal a essas pessoas.


Ira – Ódio, rancor, zanga, perante algo ou alguém. Um sentimento muitas vezes difícil de controlar. Associado também ao ter que se conter sempre e mais cedo ou mais tarde, numa explosão, soltá-lo diabolicamente.


Preguiça (junção de outros 2 Pecados antigos: Melancolia e Acedia ou Preguiça Espiritual) – Sentimento de evitar qualquer esforço físico ou mental para se obter algo ou modificar alguma coisa.


Avareza – Cobiça de bens materiais. Prendimento ao sentimento de posse e de não-partilha.


Gula – Necessidade de se comer mais do que o necessário. Comer com pressa, sem apreciar verdadeiramente.


Luxúria – Associado a prazer carnal, ao sexo. O puro interesse de satisfazer uma necessidade animal, sem preocupação na escolha do parceiro e sem sentimentos.
Visto todos os Pecados Capitais de uma maneira mais profunda, vamos então perceber quais os seus opostos e como são importantes no Desenvolvimento Pessoal e Espiritual.
As sete Virtudes são:

1 – Humildade (oposto à Vaidade) – Modéstia, total respeito para com os outros. Entendimento que Somos Todos Um e que embora não necessitemos de ninguém para ser felizes, estamos todos ligados e apenas em União nos poderemos continuar a Desenvolver e Evoluir. Percepção do nosso lugar no Mundo.

2 – Caridade (oposto à Inveja) – Auto-satisfaçã o. Reconhecimento dos valores das outras pessoas. Admira-se o que as outras pessoas têm, são ou conseguiram, por sabermos que têm valor. Passam a servir de exemplo a seguir, em vez de alguém que invejamos por terem o que nós não temos. Começa-se a ajudar as outras pessoas a atingirem ainda mais sucessos na vida, pois sabemos que isso vem em retorno para nós próprios.

3 – Paciência (oposto à Ira) – Paz, tranquilidade. Total controlo das emoções. Quando se obtém paz interior, não nos deixamos influenciar por algo exterior. Não abala a nossa tranquilidade. É o Amor Próprio elevado ao Mundo.

4 – Diligência (oposto à Preguiça) – Decisão, intenção, acção, objectividade. Planear, definir objectivos e agir para os alcançar. É engraçado quando se estuda a história e se percebe que esta virtude vem do oposto de algo que outrora foi considerado como 2 outros pecados: Melancolia e Acedia (Preguiça Espiritual). Todos temos momentos de preguiça em que o nosso corpo necessita de descansar. A verdadeira preguiça é a diária, quando não se luta pela nossa Vida, pelos nossos sonhos e acima de tudo, pela nossa Evolução Espiritual.

5 – Generosidade (oposto à Avareza) – Desprendimento, partilha. Oferecer sem esperar receber nada em troca. Permitir que tudo circule no Mundo e entender o significado de não sermos donos nem possuirmos nada eternamente.

6 – Temperança (oposto à Gula) – Auto-controle, moderação. Dar ao nosso corpo, mente e espírito o que ele necessita apenas. Apreciar cada momento em oposição a “devorar” rapidamente.

7 – Castidade (oposto à luxúria) Auto-satisfação. Busca de sentimentos maiores quando numa relação com outra pessoa. Descoberta individual no alcançar da pureza de sentimentos.

E assim ficam definidos os pecados e as virtudes opostas a eles. Pense nisso e nas ferramentas ótimas que são no seu Desenvolvimento Pessoal e Espiritual, sem necessidade de os associar a qualquer religião ou condenação.


    Atenciosamente
 Afonso Perez Alen

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguem reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento..."
Joaozinho

paijoaozinho@terreirodavobenedita.com