Horarios De Atendimento

Segunda 20 Hs - Mãe Ana e Pai Pequeno Pai Adilson
Quartas 20 Hs - Pai Ney e Mãe Hosana
Quintas - 20 Hs - Pai Afonso e Mãe Gislaine
Sextas 20 Hs - Mãe Sueli e Pai Joaozinho
Sabados 19 Hs - Mãe Sueli e Pai Joaozinho


Primeira Terça Feira - 20 Hs - Desenvolvimeto
Segunda Terça Feira - 20 Hs - Palestra
Terceira Terça Feira do mês - 20 Hs - Gira de Cura
Quarta Terça Feira do mês - Gira Cigana

Endereço - Rua Meciaçu 145 Vila Ipe - Campinas SP


quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Omulu!


"A sua roupa é  de  palha santa
Sua morada é no campo santo.
Tem o dom de curar
E o poder de transformar.
Sua flor é o cravo
Sua comida é a pipoca.
Salve o mestre omolu
Atoto meu pai
Atoto obaluaê ".

Obaluaê  - omolu: orixá masculino daomedano, filho de nanã burukê.
A figura de obaluaê - omolu é completamente cercada de mistérios e dogmas indevassáveis. Em termos gerais, a esse orixá é atribuído o controle sobre todas as doenças, especialmente as epidemias.
Obaluaê tanto pode causar a doença com possibilitar a cura do mesmo mal que causou.
Obaluaê é o senhor dos espíritos encarnados e desencarnados. Poderoso orixá, responsável pelos elementos desintegradores, cujas transformações processam-se momento a momento, na expressão da grande vida.
É  considerado o médico dos pobres. Está ligado a terra, assim como à morte.
Obaluaê que dizer, "rei, senhor da terra". É um dos mais importantes orixás da umbanda, pois está ligado também a saúde. Orixá que gera o bom funcionamento do organismo; orixá das pestes e das moléstias e que tem seu rosto coberto pelo filá, feito de palha da costa, pois a todos é proibido ver seu rosto.
É o orixá da transformação. São energias desintegradas, energia letal. É também conhecido como o senhor da morte e da destruição. Rege a transmutação em todos os sentidos. Por isso muitas vezes mal compreendido e chamado do "senhor do cemitério" o que não está correto, porque omolú rege a transformação, e não somente a morte, embora seja esta a maior das transformações que um ser humano possa passar.
Cor a ser metalizada: preto e branco
O que mentalizar: a terra, a transformação dos elementos.
Elemento: terra
Cânticos: seus cânticos geralmente falam de coisas sombrias, severas e mortais. Falam da saúde e da doença - pois tanto a saúde e a doença nos conduzem às nossas transformações. Dizem do respeito ao mais velhos. Seus cânticos lamentosos, recordam o passado, falam do presente mas nada dizem do futuro.
"quem vê o velho no caminho / tome a benção
Deus abençoe / deus abençoe / deus abençoe
Obaluaê deus abençoe "
Guias: as guias de omolú são pretas e brancas. Em nossa casa branca padronizamos a guia de cristal de no 8. São feitas em múltiplo de 7 de forma a contornar o plexo solar. Esta guia só pode ser usada pelos médiuns que se afinam de uma forma incomum com esta energia, após entendimento e conversa com os zeladores, e deve nascer após a quinta obrigação: ( os dois orixás ), que é dada pelos zeladores da casa e sob sua responsabilidade.
Características de seus filhos: introspectivos, pensativos, reservados, observadores, pesquisadores, modestos, simples e misteriosos. Normalmente tem poucos, mas sinceros amigos. São lentos, calmos e agitados ao mesmo tempo. São estudiosos quando se interessam por um assunto e de preferência místico. Gostam de lugares sombrios e sem muita gente. No lado negativo são medrosos, indecisos e apreensivos. São fatalistas, dramáticos e exagerados, teimosos, pirracentos, nervosos e ansiosos.
Dia em que se comemora obaluaê: 16 de agosto. (de acordo com o calendário oficial de umbanda).
Dia da semana: segunda feira.
A saúde e os filhos de obaluaê: quase todos os filhos de omolú / obaluaê têm problemas de saúde. Barriga, bexiga, dores nas costas e trazem marcas nas pernas ou no corpo.
O que pedir a este orixá: saúde principalmente, ajuda para as nossas transformações psíquicas e mentais. Compreensão, porque a transformação sem a compreensão é simplesmente a modificação. Ajuda em casos sérios de doenças. Saúde física, mental e espiritual.
Flores: quaresmeira, cravo vermelho, rosas brancas, palmas. ( flor de obaluaê - pipoca ).
Frutas: banana da terra, abacaxi, laranja lima.
Ervas: velame, mastruço, vassoura preta, folha de laranja lima, canela de velho, barba de velho, folhas de milho, folhas de gameleira preta ( irôko ), taioba, rama de leite, erva de passarinho, quaresmeira.
Bebidas: vinho tinto, aloá, sumo de sua próprias ervas.
Mineral: chumbo
Oferendas: todas as vezes que os zeladores ou a direção espiritual da casa percebem a necessidade de um filho fazer uma oferenda para um orixá lhe será dado o pedido e marcado o dia a ser feito..
Saudação: atotô obaluaê
Atotô = escutai, silêncio, ele está em terra
Obaluaê = oba (rei), luaye (céu e terra)
Atotô obaluaê que dizer "escutai rei do céu e da terra".

Pontos


Quando eu venho lá de cima,
A minha mãe recomendou.
Leva este cravo vermelho
Que é para dar seu atôtô,
Atôtô obaluaê / atôtô obaluaê
Meu pai oxalá é o rei venha me valer,
E o velho omolú atôtô obaluaê
Atôtô obaluaê / atôtô babá (bis)
Omolú omolú salve a palha e o dendê
Eu vou pedir a pai ogum pra chamar obaluaê

Fonte: http://www.casabrancadeoxala.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguem reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento..."
Joaozinho

paijoaozinho@terreirodavobenedita.com