Horarios De Atendimento

Segunda 20 Hs - Mãe Ana e Pai Pequeno Pai Adilson
Quartas 20 Hs - Pai Ney e Mãe Hosana
Quintas - 20 Hs - Pai Afonso e Mãe Gislaine
Sextas 20 Hs - Mãe Sueli e Pai Joaozinho
Sabados 19 Hs - Mãe Sueli e Pai Joaozinho


Primeira Terça Feira - 20 Hs - Desenvolvimeto
Segunda Terça Feira - 20 Hs - Palestra
Terceira Terça Feira do mês - 20 Hs - Gira de Cura
Quarta Terça Feira do mês - Gira Cigana

Endereço - Rua Meciaçu 145 Vila Ipe - Campinas SP


sábado, 5 de fevereiro de 2011

RESPEITO AO SEU TERREIRO


O respeito ao seu barracão
Uma coisa é você ser de um barracão,

outra é você trabalhar no barracão.
As duas coisas são totalmente diferentes.


A primeira, você ser de um barracão, a responsabilidade é muito grande.
Neste caso você já deve ter feito todos os preceitos e trabalhos pessoais que uma entidade que é da casa lhe passou.
Você por obrigação e respeito a casa deve participar de tudo que diz respeito da casa e procurar saber tudo que é feito para que você possa ajudar pro bem estar da sua casa.

No segundo caso, que é você trabalhar no barracão, eu acho que você deve pensar como você foi aceito e não pense que ira ficar o resto de sua vida neste estado, pois tem que procurar participar mais;
você já parou pra pensar!
Vou te dar um exemplo.
Você chega, encontra o barracão limpinho, arrumado, todas as velas e bebidas firmadas, copos que sua entidade usa limpo, as coisas de suas entidades guardadas num cantinho, arrumadinhas;
você acha justo isto?
Meus irmãos, vocês estão redondamente enganados. “estou falando das pessoas da corrente”
Tenha um pouco mais de consciência, já imaginou o tempo que vossa entidade fica em terra e os ogas e os zeladores ficam aguardando ela ir embora, pois é meus irmãos, ponham a cabeça e a atitude pra funcionar;
pense na confiança que os zeladores depositaram em você.
Pois este ritmo de trabalho de vocês vai acabar, não pense que você é melhor do que os outros, pois nesta nossa religião, a Umbanda, um dos conceitos que sempre falamos, é a união e a caridade.
Ajudem em tudo que for preciso, mostre que você não é e não quer ser diferente de ninguém.
Devemos nos abraçar e desejar proteção e saúde para nossa corrente e falar sempre.
Até nosso próximo encontro ou até nossa próxima gira.
Elias de Xango.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguem reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento..."
Joaozinho

paijoaozinho@terreirodavobenedita.com