Horarios De Atendimento

Segunda 20 Hs - Mãe Ana e Pai Pequeno Pai Adilson
Quartas 20 Hs - Pai Ney e Mãe Hosana
Quintas - 20 Hs - Pai Afonso e Mãe Gislaine
Sextas 20 Hs - Mãe Sueli e Pai Joaozinho
Sabados 19 Hs - Mãe Sueli e Pai Joaozinho


Primeira Terça Feira - 20 Hs - Desenvolvimeto
Segunda Terça Feira - 20 Hs - Palestra
Terceira Terça Feira do mês - 20 Hs - Gira de Cura
Quarta Terça Feira do mês - Gira Cigana

Endereço - Rua Meciaçu 145 Vila Ipe - Campinas SP


terça-feira, 18 de agosto de 2009

Pedi a Deus Alegria

por Jaime Benedetti - jaime.benedetti@uol.com.br

Pedi a Deus Alegria
Deus respondeu: Trabalhe, Plante,
Crie!Esses dizeres estampavam um cartaz pendurado na porta de entrada da fábrica do meu falecido pai, e durante anos chacoteei sobre aquelas palavras medíocres grudadas na parede. Tinha absoluta certeza que ninguém lia aquilo. Era ridículo e por várias vezes quis arrancar o cartaz de lá, mas meu pai me espancaria se soubesse disso; se o fizesse, então, me mataria. Por muito respeito e pouca coragem, nunca me atrevi a fazê-lo.
Meu pai sempre dizia: "Leia isso todo dia, porque você ainda vai entender o que significa".Quando meu pai morreu assumi a fábrica, e o que fiz? Tirei o cartaz da porta.
Foi o gesto mais imbecil da minha vida!
Passaram-se anos para que eu entendesse o significado daqueles dizeres.
Demorei tanto tempo para absorver uma mensagem de vida tão importante que tive de fechar as portas da fábrica para começar a compreender toda verdade contida naquelas três palavrinhas.
Por todo esse tempo, pedi a Deus para me dar alegria, dinheiro, saúde, trabalho. E por mais que insistisse Ele não me dava resposta.
Insistia, insistia, insistia, e nada. Simplesmente, não havia resposta e se um dia houve, eu não ouvi. Será que estava surdo? Estava surdo!
À beira de desistir, resolvi falar com Deus de forma diferente. Comecei com meditação, de coração aberto, despojado de vaidade, de orgulho, desapegado do meu ego, pensando que assim Ele escutaria e responderia minhas indagações, que eram muitas.
Achei que poderia conversar com Deus sem formalidades, como se conversa com um amigo, com um irmão mais velho que pudesse me orientar com sua experiência e indicar qual o caminho a seguir.
Comecei assim e fiquei surpreso quando Deus me respondeu pela primeira vez!
Perguntei a Deus:
Ó meu Deus, meu Pai querido, meu amigo, porque não responde minhas perguntas? Estou sempre perguntando e parece que não me ouve, nunca responde! Por acaso está bravo comigo? Fiz algo de tão errado para que não me dê atenção? Estou abrindo de verdade meu coração e agora suplico que receba a minha voz em seus ouvidos!
Deus respondeu:Meu filho, não sei por que não me ouve. Sempre respondo às suas perguntas, todos os dias, todas as horas, todos os minutos da sua vida. Acho que estava correndo atrás de algo mais importante do que Eu e não teve tempo de me ouvir.
Mas nunca deixei de ouvir e ajudar.
Não seja ingrato.
Perguntei a Deus:Acho que tem razão. Estou angustiado e sem forças para seguir caminhando. Por isso, querido Deus, meu amigo, se puder chamá-lo assim, poderia me ajudar, dizer o que faço da minha vida? Estou perdido, com medo, sem esperança, desanimado por tanto tentar, tentar e não conseguir ir em frente!
Deus respondeu:Em todo momento estou ajudando. Faço minha parte, mas agora é sua vez de agir, meu filho. Antes de nascer, você esteve comigo e deixei bem claro sobre tudo que faria em sua existência terrena. Você estudou tudo direitinho, leu e releu todas as minhas instruções e concordou com tudo. E ao nascer foi privado das lembranças do nosso trato, do nosso acordo. Esqueceu na mente porque deixei gravado no seu coração todas as minhas determinações. Para todos é assim. É a minha condição. Afinal, você nasceu para aprender. Perceba que tudo está traçado, seu projeto já está pronto e você deve apenas escolher cumpri-lo. Pode até falhar em sua jornada, mas espero que consiga. Aliás, tenho certeza que conseguirá, do contrário, vai voltar aqui para discutir comigo onde errou. E irá renascer para que o ciclo continue.
Perguntei a Deus:Entendi. Mas veja, as pessoas me perseguem, têm inveja de mim, botam olho gordo, fazem trabalhos, macumbas e as coisas não andam. As pessoas querem o meu mal. O que acha disso?
Deus respondeu:Você realmente acredita que sua vida não vai em frente por isso? As pessoas fazem sim e daí? Melhor terem inveja de você do que lhe desprezar. Se isso acontece é porque você tem algum valor. Ou acha que alguém vai perder tempo em ter inveja de algum medíocre? Macumba só pega em quem tem mente fraca e acredita que isso vai fazer mal. Daí faz mesmo. Não são os trabalhos que prejudicam, mas o mal que você constrói para si mesmo em sua cabeça. Deixa isso pra lá. Toca sua vida sem olhar a vida dos outros. Dessas, cuido Eu. Caminhe firme pela estrada, não dê bola para nada e para ninguém que possa lhe causar medo. Quando chegar ao obstáculo, pare, olhe, encare como uma experiência a mais em sua vida, e continue caminhando. Supere esse obstáculo e vá para o próximo. Ou você acredita que não haverá mais problemas em sua vida? Se não houver, Eu me encarregarei de criar.
Perguntei a Deus:Mas por que as coisas demoram tanto para acontecer? Por que tudo leva tanto tempo? Trabalho e não vejo resultados. Procuro fazer coisas boas para os outros e não vejo recompensas. É uma luta inglória. O que o Senhor me diz disso?
Deus respondeu:Não é bem assim que acontece. Não é só para você que as coisas demoram. Na realidade, não há demora alguma. O problema é que você não percebe que a vida é feita de ciclos e tudo acontece de maneira preestabelecida, dentro de um projeto idealizado para toda uma vida. Portanto, o problema é que você quer resolver tudo num só dia. Quer ser feliz, ter resultados imediatos como num passe de mágica, acordar de manhã com todos os problemas resolvidos. Isso não existe. É ilusão e não posso permitir que aconteça. Se prestar atenção, como é um projeto para toda uma vida, a todo momento acontece algo novo, ou não? Ajudo no que posso. Faço com que a vida se movimente, mas quem tem de fazer acontecer é você. Faço as ondas levantarem, mas é o surfista que surfa. Sem uma boa prancha, ou sem preparo e treino, ele cairá. Não sou só Eu que faço as coisas acontecerem, mas sim, faço isso em conjunto com os meus filhos.Perguntei a Deus:Puxa, sempre pensei que o Senhor resolvesse tudo para nós, que se nos entregássemos em Vossas mãos, as coisas se resolveriam e não teríamos que nos preocupar! Estou enganado?Deus respondeu:Criei um mundo maravilhoso para todos viverem em harmonia. Dei-lhes inteligência para criar, desenvolver e crescer. Dei todos os ingredientes para que sejam felizes. Dei-lhes o Paraíso e um projeto de vida para que vivam em paz. Mas sabe o que fazem com tudo isso? Viram as costas para Mim, viram as costas para o seu Deus, me expulsam do Paraíso, voltam-se para as coisas superficiais, me relegam a um plano inferior, desagregam a harmonia, brigam e se matam, criam guerras e discórdia entre irmãos e você ainda acha que não estou vendo tudo isso acontecer, meu filho querido? Chamo isso de livre arbítrio. Crio tudo e deixo para os meus filhos tomarem conta. Do que vejo hoje, algumas coisas me agradam e outras não e é assim que um Pai vê os filhos. Ele os ama sem distinção, com todas as suas virtudes e todos os seus defeitos. Eu sou o Pai, apenas o Pai!Como Pai, faço as coisas acontecerem junto com meus filhos. Portanto, lembre-se sempre:Quando pedir a Deus para lhe dar alegria,
Deus responderá: Trabalhe, Plante, Crie!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguem reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento..."
Joaozinho

paijoaozinho@terreirodavobenedita.com