Horarios De Atendimento

Segunda 20 Hs - Mãe Ana e Pai Pequeno Pai Adilson
Quartas 20 Hs - Pai Ney e Mãe Hosana
Quintas - 20 Hs - Pai Afonso e Mãe Gislaine
Sextas 20 Hs - Mãe Sueli e Pai Joaozinho
Sabados 19 Hs - Mãe Sueli e Pai Joaozinho


Primeira Terça Feira - 20 Hs - Desenvolvimeto
Segunda Terça Feira - 20 Hs - Palestra
Terceira Terça Feira do mês - 20 Hs - Gira de Cura
Quarta Terça Feira do mês - Gira Cigana

Endereço - Rua Meciaçu 145 Vila Ipe - Campinas SP


quarta-feira, 22 de abril de 2009

PAI OGUM e JORGE DA CAPADÓCIA


POR MÔNICA BEREZUTCHI


No mês de abril, mais precisa­mente dia 23, é comemorado nos Templos de Umbanda, o dia de Pai Ogum.
Orixá da Lei Maior, que rege atra­vés das suas essências eólicas, direcio­nando, abrindo caminho, quebrando de­manda.
Protetor incansável de seus filhos que lutam por um mundo melhor, que ainda carregam dentro de si a mo­ral, a honra, o caráter, a retidão e a le­­al­dade.

Palavras essas que a princípio pa­recem muito fáceis de praticar, mas só quem as pratica de verdade, no mundo em que vivemos, sente o impacto que causa nas outras pessoas, achando que tais atitudes são “falsas”, e que hoje não existem mais pessoas com conteúdos interiores nobres.
Por isso, sofrem discriminação, são per­seguidas, vilipendiadas e acusadas de querer apa­rentar o que não são.

Com todas essas acusações e atra­vés delas, só se sabe realmente quem é de fato um filho de Ogum, aquele que passa por isso, e mesmo assim não se corrompe, não desce seu nível vibrató­rio, não compro­mete sua espiritualida­de, e principalmente não destrói seus princípios.

Pai Ogum tem a liberdade de percor­rer os campos da consciência dos seus filhos, aqueles que são verdadeiros ma­nifestadores de suas essências vivas e Divinas. Em suas manifestações, o Orixá Pai Ogum quando ‘incorpora’ em seus filhos traz uma postura de guerreiro.

O seu elemento é o ferro e suas armas simbólicas são: espadas, lanças e escudos.

Suas pedras são: granada, hematita, rubi, magnetita, sodalita e ágata azul.

Suas cores: vermelho, azul escuro, branco e prata.

Saudação: Ogum Yê! Seus pontos cantados são fortes e marciais.

Os guias espirituais que se mani­festam sobre a irradiação de Pai Ogum são: fortes, firmes e direcionadores, tendo como missão trazer a ordem, a disciplina, tanto do ambiente quanto da mente dos médiuns e consulentes.

Qualidades de Pai Ogum:
Pai Ogum Matinata;
Pai Ogum Beira Mar;
Pai Ogum Iara;
Pai Ogum Megê;
Pai Ogum 7 Espadas;
Pai Ogum de Lei;
Pai Ogum Rompe Mato.

Temos o sincretismo:
São Jorge e Santo Expedito.

Flores: Cravo vermelho, crista de galo, palma vermelha, antúrio, espa­da de São Jorge.

Ponto de Força: Campo aberto, encruzilhada, estrada e caminhos.

Tudo é regido por uma Lei imutável:
a Lei do Criador, que é a ordem das coi­sas em todos os planos da vida e em todos os níveis consciências.

Lei Divina é a Lei Maior, que rege tudo e a todos e conduz para sua senda evolutiva.
A Lei da Umbanda é essa Lei de Deus, justa e poderosa.
As outras leis estão dento dela:
carma, reencar­nação, causa e efeito e afinidades.

A Lei Maior é o campo de atuação de Pai Ogum, que ordena os procedi­mentos, os processos e as normas ditadas pelo Divino Criador, anulando tudo que estiver em desacordo com ela.

Seu campo de atuação é a linha divisória entre a razão, a emoção e a orde­nação dos processos e proce­dimentos.
É o Senhor do Movi­mento, o Senhor dos Caminhos e das Es­tradas, o Senhor que Quebra Demandas e Arrebenta as Amarras e nos liberta. Quando a Lei quer recompensar, é Ogum quem nos dá. Quando caminha­mos rumo à Luz, Ogum está à nossa di­rei­ta para nos proteger com seus símbolos, escudos e espadas.

Que o escudo de Pai Ogum possa proteger todos àqueles que, trabalham na Umbanda com o objetivo da verda­deira fé, amor e caridade.
Saravá Ogum!
Salve Ogum!
Axé Ogum!

Jorge da Capadócia
Musica/poesia/oração de dominio publico
Gravada por Jorge Ben Jor / Caetano Veloso / Racionais MC / Fernanda Abreu

Jorge sentou praça na cavalaria
E eu estou feliz porque eu também sou da sua companhia
Eu estou vestido com as roupas e as armas de Jorge
Para que meus inimigos tenham pés...
e não me alcancem!
Para que meus inimigos tenham mãos...
não me peguem, não me toquem!
Para que meus inimigos tenham olhos...
e não me vejam!
E nem mesmo um pensamento eles possam ter...
para me fazerem mal!
Armas de fogo...
Meu corpo não alcançarão!
Facas, lanças se quebrem...
Sem o meu corpo tocar!
Cordas, correntes se arrebentem...
Sem o meu corpo amarrar!
Pois eu estou vestido...
Com as roupas e as armas de Jorge ! ! !
Jorge é de Capadócia...
Salve Jorge!

Jorge é de Capadócia...
Salve Jorge!
Salve Jorge!
Salve Jorge!


Monica Berezutchi
é Sacerdotiza de Umbanda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Alguns textos, poemas e fotos foram retirados de variados
sites, caso alguem reconheça algo como sua criação e não
tenha sido dado os devidos créditos entre em contato.
''A intenção deste blog não é de plágio, mas sim de espalhar conhecimento..."
Joaozinho

paijoaozinho@terreirodavobenedita.com